Blue Velvet

sexta-feira, setembro 28, 2007

Incompreensão

Vivem-se tempos difíceis. Cada vez os bens estão mais caros. Um bom carro custa dinheiro. Uma boa casa, num qualquer condomínio privado em Cascais, custa dinheiro. Um monte no Alentejo custa dinheiro. Educar, vestir e alimentar os filhos custa muito dinheiro. E no começo do mês à que ter para tudo isto.
Por isso fico espantado com as pessoas que, a dada altura da vida, seguem a política. Perdem dinheiro, e correm o risco de não ter como pagar as contas, tudo em prol do bem comum. Abrem o peito a todo o tipo de infâmias e incompreensões. Arriscam-se a que a comunicação social os achincalhe, fira a sua honorabilidade e devasse, a eles e aos seus, a sua vida privada. Sinceramente, não compreendo...

Are you talking to me?

Cliquot



O melhor blog de música do mundo e arredores e os Beirut fizeram uma parceria para o lançamento do novo álbum destes últimos. Vão lançar um vídeo por cada canção do novo "The Flying Club Cup".

3 Milagre de Fátima

Esta semana existiram, para quem não sabe, três milagres de Fátima. A rever:

- Jesualdo Ferreira perde a memória e esquecesse-se que os reforços não valem um chavo. Como resultado é eliminado por uma equipa de tanga na Taça Carlsberg.
- Duarte Gomes e fiscal de linha têm a visão de uma mão na bola no jogo, também da Taça Carlsberg em que participam as papoilas saltitantes. Quando me disseram, pensei que o fenómeno podia-se ter dado devido a algum reflexo estranho das luzes com os jerseys rosa, mas parece que jogaram de vermelho...
- O meu colega de blog postou!!! :-)

Nome

Ontem, estive a ouvir uma banda, com o nome mais fora do vulgar que estes delicados ouvidos já puseram o olfacto em cima: Kiss the anus of a black cat.

Os lobos são cínicos



"You know I'll believe in anything and
You'll believe in anything
Because nobody knows you
And nobody gives a damn either way
"

Wolf Parade - I'll Believe In Anything

Palácio Industrial























Este ano não houve aumentos salariais no meu palácio industrial. Este ano e os anteriores! O salário que hoje recebem é o mesmo que combinaram, não faço a mínima ideia com quem, em 1977. Recuso-me a aumentar a mão de obra, sobre a qual, não fui escutado. Nem sei se são especializados. O que sei é que dou-lhes a oportunidade de trabalhar com células de qualidade superior, órgãos cobiçados por mais de 90% dos traficantes clandestinos, merda de um castanho chocolate pontuada com umas pequenas notas de alfazema, e músculos e ossos com uma capacidade de desenvolvimento superior a 100%. Eles agora que façam o que quiserem. Se estiverem mal que se mudem. (via Kotke)

quinta-feira, setembro 27, 2007

It's Business Time Baby !!

terça-feira, setembro 25, 2007

Dente do Siso
























Se pudesse ia todos os dias à dentista. Não chegava ser uma boa profissional do dente. Tinha que ser uma profissional do dente boa.
Uns têm as putas. Outros o jogo. Outros as drogas. Parece que me vou dedicar aos dentes.

Mudanças na justiça

Pobres de Espirito...














... os comentadores que continuam a escrever que o Licha não serve para jogar a ponta de lança. Serve quem? O Adriano, o Postiga ou o Farias?
Força miúdo!!!

quarta-feira, setembro 19, 2007

SS




(via Stereogum)

O meu sangue é azul e branco

“Dani is so good-looking I don't know whether to play him or f*** him!”

Harry Redknapp, o Jorge Jesus lá do sítio.

terça-feira, setembro 18, 2007

Reconhecem a que bandas pertencem os Wally's que cantam com a Feist?



Por cada um que acertem, têm direito a uma Super, este fim de semana.

Paixão à primeira vista

"Where'd you learn to stage dive with such grace?"

sexta-feira, setembro 14, 2007

Já somos dois

"We made an end in breaking"

Ninna Nastásia & Jim White
(via Said the Gramophone)

quinta-feira, setembro 13, 2007

Menomena no sítio do costume

St.Vincent * 2



Associação Criativa

Grizzly Bear feat. Dirty Projectors and Beirut - Alligator (Choir Version)(via Faronheit)

Os Great Lake Swimmers estão oferecer um concerto com cinco musicas, com o apoio do grande Owen Pallett ( Final Fantasy, Arcade Fire) e da Basia Bulat(recomendado). (via Gorilla Vs Bear)

quarta-feira, setembro 12, 2007

Bastam 4 canais apenas para ver alguma coisa de qualidade




















Caro Lourenço, há uns tempos ganhei um vício que me tem desgraçado a vida. Convidaram-me para jogar futebol salão ao domingo pelas oito de manhã. Acontece muita vezes ter que ir com directa ou com apenas uma ou duas horas de sono. Sei que é uma decisão tonta, e que devia dormir mais, mas sinto-me bem com aquele bocado de exercício. Fumo muito menos. Sinto-me bem. O dia passa, e por volta das 19h30 já janto. Sopa, uma fruta, faço o café e o charro, e vou para a varanda do quarto fumar e pôr a leitura em dia. Se depois me ponho em frente ao televisor, e passo pelo canal AXN às 20h30m é a minha morte. Adormeço passados dez, quinze minutos, e não é por causa dos fumos, nem por causa do cansaço. É por causa daquela seca de série chamada West Wing.
Alguma vez o West Wing poderá se comparar a alguma das séries acima? Impossível. É em tudo parecido com um ER mas virado para a politica. Tem bons argumentistas, bem informados, que conseguem transmitir a complexidade do que é o dia a dia do presidente dos states e da sua entourage. Tirando isso, muito fraquinho. Personagens muito redondas, muito correctas, muito boas pessoas. Sofrem tanto para aprovar as leis justas, para lutar contra os lobbys de interesse. Fico com tanta pena deles que até me vêem as lágrimas aos olhos. Se ao menos o Charlie mandasse umas traulitadas valentes à filha do presidente, o Josh acabasse com aquele nem fode nem sai de cima com a secretária. Mas não. Os coitados não tem tempo para nada. Só para trabalhar e servir o país. Ao que suam a camisola, se por acaso se naturalizarem portugueses, o Scolari ainda os convoca para substituir os jogadores portugueses. Principalmente, quando estes últimos fazem horas extraordinárias no Via Rápida.
Querendo ver séries boas, daquelas mesmo mesmo boas, sintoniza a 2 e a TVI. São séries que te mostram pessoas. Pessoas com algumas virtudes mas acima de tudo com muitos defeitos. Mesquinhos, invejosos, mentirosos, prepotentes, e sempre naquele ram-ram diário. A viver aquela vidinha diária, onde se têm que preocupar com a melhor forma de ter a comida no prato, com os filhos, com as mulheres, com aquelas merdas banais, pelas quais todos passámos. Não será esse o grande fascínio do Tony Soprano? Um gajo comum, com problemas comuns, que por acaso é mafioso.

PS: O Curb e os Extras são bons? Muito! Mas um dia experimenta passar as vistas pelo Arrested Development.

O que é National é bom

Acho os National brilhantes. Sempre o foram, mas há medida que os anos vão passando cada vez são melhores. Gostava de falar mais deles, eles merecem, mas evito. Agora que toda a gente os "descobriu" pelo Boxer e ficou apaixonada pelo charme do Berninger, pela dupla de irmãos Devendorf e Dessner, pelas letras desencantadas, pelo estilo do grupo, vou-me manter caladito. Não devia, eu sei. Mas não consigo evitar. Sei que têm que comer ao fim do mês. Pôr os filhos a estudar. Comprar a erva que o Berninger gosta. E dá sempre jeito uns trocos a mais no banco para um dia de chuva. Mas é sempre triste quando um dos nossos grupos "secretos", que quando falas nele ninguém conhece, de repente salta para o "mainstream". Os posteriores a estes forem os Arcade Fire...

As minhas canções de verão

Se o ano passado a música do verão foi o trio sueco Peter, Bjorn & Borg, este ano, além de todo o album dos Sunset Rubdown (muito dificilmente não é album do ano), existiram mais algumas canções que não consegui parar de ouvir.
A primeira é a Fireworks dos Animal Collective. Música para ser ouvida alta, que põe a energia no máximo e pode-te levar a pensar que és uma mola. Outra pérola que não largou os meus ouvidos foi a Slow Show dos National. Porquê? "You know I dreamed about you/for twenty-nine years/before I saw you/You know I dreamed about you/I missed you for/for twenty-nine years". Também ouve espaço para o Hip - Hop com EL-P e a sua The Overly Dramatic Truth, além de Devin the Dude com a ajuda the Snoop Doog e Andre 3000(a parte onde faz o seu rap está muito boa) em What a Job. Os Battles com a sua Atlas também nunca me deram descanso. O que dizer dos Spoon? Na-Na-Na-Na-Na-Não se-se-sei qual mu-mu-musica escolher. You Got Mr. Cherry Bomb, The Ghost of You Lingers, The Underdog. Estes senhores ouviram os clássicos com muita atenção. Também existiu espaço para o rock das canções curtas, com aquele sarcasmo inglês, típico, ouvindo os 1990s com Cult Status e os galeses Los Campesinos com We Throw Parties, You Throw Knifes(só pelo nome da música, já mereciam a distinção de aparecerem neste prestigiado blogue). Mesmo não ligando a ponta de um corno a MPB gostei bastante de ouvir uma cantora de seu nome Clara Moreno que editou o álbum Meu Samba Torto. A Feist partilhava o meu coração com a Clara, especialmente com o 1-2-3-4. Lembra-me a palavra delícia. A cantora e a canção. Outra música que não me largou foram os Yeasayer com 2080. Uma boa voz em falsete tirou-me, tira-me e sempre me há-de tirar do sério. Por fim, Leonard Cohen com Sing another Song, Boys(o Hype Machine não foi amigo) ou com Famous Blue Raincoat fez-me companhia para casa, duas ou três noites. A dor de corno cai sempre bem em qualquer estação do ano desde que tomada nas doses certas, mesmo durante o período de férias.

Sim, eu sou um Random Spirit Lover

Gostar de homens























Coxa boa











Hilary Swank para a Esquire.

Dexter



Dexter

Devido ao meu problema, só ontem comecei a sacar e a ver o Dexter. As expectativas eram altas, mas não fiquei desiludido. Bem pelo contrário. A série é excepcional. O Michael Hall está fantástico na pele deste detective forense/serial killer. Nunca um serial killer será tão amado como ele. Os tiques, as falsas aparências, a necessidade de saciar a fome, a namorada violada pelo ex com dois filhos, a irmã que quer passar dos infiltrados para os homicídios, a chefe que lhe quer saltar em cima, o detective que o acha um freak, o outro serial killer que o tem debaixo de olho. Ainda não estão a babar? Deviam...

Humanos

As férias acabaram. O meu portátil foi reparado e, finalmente, começo a ler os post acumulados no meu reader ao longo de três curtíssimas semanas. Acusa que tenho mais de mil postas para ler. Coisa pouca. Com tempo e a aplicação do método Marcelo Rebelo de Sousa, em quinze minutos devo ler isto tudo.
Um dos temas que me está a passar constantemente em frente às vistas, tem sido a listagem dos dez livros que não mudaram a vida do blogger. Eu já sabia que era um inculto, mas estas listas têm-me deixado literalmente de rastos. Na merda. Até hoje ainda não tive um único livro que mudou a minha vida. Já tive aqueles que gostei bastante, outros que não gostei nada, mas que me mudassem a vida, nenhum!
A única coisa com algum texto(algum=pouquinho) que me mudou a vida, foi uma edição da Penthouse que me veio parar às mãos entre os meus 12 e os 14 anos. Era do meu tio. Tinha-a guardada em casa e eu levei-a emprestada sem ele dar por isso. Nessa mesma noite bati a minha segunda punheta. A primeira com pés e cabeça. Nessa mesma noite mudei. Na manhã seguinte roubei uma gillette descartável ao meu avô para pela primeira vez fazer a barba.

PS: Olhando para os blogues que tenho agregados ao Reader, tirando os music-blogues como o Stereogum e o brooklynvegan que postam numa cadência elevadíssima, devo notar dois casos nacionais. O Blasfémias com 188 postas acumuladas, foi o que mais escreveu nestas três ultimas semanas, seguido pelo Charquinho com 139 postagens. É de homem, caraças. Continua o bom trabalho.

terça-feira, setembro 11, 2007

Don't forget to breathe

Conversas Weedianas

Andy: I have to fuck you.
Yael: (laughs) Will you stop? I told you, you don't have the qualities I look for in a man.
Andy: Now what exactly are those qualities? 'Cause I can get them. I know a guy who... knows a guy.
Yael: I like big men. You have none of the physical qualities I look for in a male lover.
Andy: (sighs)
Yael: But you do have soft skin, and sad eyes, and those are things I find very attractive, (whispers) when I sleep with women.

Weeds

Dependência

Os portáteis da Acer* são engraçados. Fiáveis. Boa performance. No entanto, têm um aspecto negativo que o prejudica. A assistência técnica. Não que esta seja má. Mas esperar mês e meio por um portátil que apenas necessita que lhe troquem o DVD é demasiado tempo.

*Acer Portugal, mas têm que ir a Espanha para serem arranjados. ;-)